FLOTADOR





Flotação por ar dissolvido (FAD) é um equipamento que pode ser utilizado no tratamento de efluentes domésticos e industriais, sendo possível sua instalação para tratamento à nível primário, separação sólido-liquido em substituição a sedimentação e a nível terciário para polimento e remoção de nutrientes do efluente.

O princípio de funcionamento do FAD consiste na remoção de partículas através da adesão de bolhas de ar, promovendo a ascensão do floco até a superfície do equipamento. Na superfície há um sistema de raspador de lodo, que é o responsável pela retirada do lodo da unidade. Para otimizar o processo de tratamento são empregados produtos químicos conhecidos como coagulantes e polímeros, os quais auxiliam no processo de formação e aglomeração dos flocos, o que facilita sua posterior remoção e consequente clarificação do efluente.

O FAD pode ser aplicado principalmente na remoção de sólidos em suspensão, óleos, graxas e algas. O lodo proveniente da flotação possui característica de o que permite reduzir o volume a ser desidratado ou enviado a disposição final. Alguns sistemas com flotação podem ser utilizados como auxiliares na remoção de ferro, manganês e fósforo.

Solicitar Orçamento deste produto

SEGMENTOS DE APLICAÇÃO:

  • Tratamento de água para consumo humano (no lugar de decantadores, em alguns casos específicos substituindo os sedimentadores;
  • Tratamento de efluentes industriais primários ou secundários;
  • Tratamento terciário e polimento final, especialmente na remoção de fósforo;
  • Tratamento de esgoto doméstico e sistemas de reúso de água.

APLICAÇÕES:

  • Remoção de sólidos em suspensão, algas e substâncias húmicas;
  • Pré-clarificação de água para eliminar parte da carga poluente;
  • Recuperação de óleos, gorduras, féculas (matéria-prima);
  • Pré-tratamento de águas residuais;
  • Redução de carga orgânica do efluente;
  • Indústria de celulose no processo de clarificação de água do processo e recuperação da fibra;
  • Recuperação da água do retro lavagem de filtros de areia;
  • Indústria petrolífera na recuperação de matéria-prima purgada dos tanques;
  • Aterros de resíduos sólidos urbanos ou industriais;
  • Redução da carga poluente das águas lixiviadas antes de um tratamento secundário;
  • Clarificação secundária após tratamento biológico.

VANTAGENS:

  • Redução da carga poluente (DBO/ DQO, Fósforo, SST, O&G, entre outras) com taxas de aplicação até 5x maiores, quando comparada com o processo de decantação;
  • Proteção de sistemas biológicos (aeróbico/anaeróbico) posteriores, contra possíveis sobrecargas de material orgânico que possam vir a provocar a destruição do meio, e por consequência parar o tratamento por longos períodos até a regeneração do mesmo;
  • Redução no consumo de ar em processos aeróbios posteriores devido ao abatimento de matéria orgânica;
  • Concentração de sólidos secos de até 6% no lodo gerado, consequentemente reduzindo o custo com disposição em aterros em até 10x, em comparação com sistema de decantação;
  • Espaço físico reduzido para instalação, resultando em menor custo com obras civis;
  • Alto grau de automatização e controle de parâmetros;
  • Sistemas de dosagem de produtos químicos automatizada, que resulta no melhor controle do processo com redução de desperdícios e custos de operação;
  • Bomba especial para geração de microbolhas, eliminando a necessidade de outros equipamentos como compressores;
  • Processo de funcionamento contínuo, podendo trabalhar 24h por dia.

DIFERENCIAIS:

  • Exclusivo sistema microbolhas;
  • Equipamento devidamente adequado as NR12;
  • Sistema único de adição e mistura de químicos ao efluente ou afluente.

CONHEÇA TAMBÉM